Desejos De Ano Novo E Planejamento – Quais As Diferenças?

Os desejos de Ano Novo costumam aparecer nas festividades, sendo que muitos alegam tratar de um planejamento para o próximo ano.

Será isso mesmo verdade?

Pensando nesse assunto, resolvi elaborar um infográfico colocando lado a lado o que há de diferença entre um planejamento (coluna verde) e os desejos de ano novo (coluna vermelha).

O resultado está aí, logo abaixo:

Infográfico: Planejamento Versus Desejos De Ano Novo

planejamento e desejos de ano novo

Planejamento

Quem costuma planejar parte de poucos objetivos, ou até mesmo de um só, estabelecendo metas bem definidas e escritas, para orientar. A ação está presente em todos os momentos.

Quem age com foco nas principais atividades, terá melhores resultados.

Possui data para início, execução e fim, sendo a primeira não necessariamente o primeiro dia do ano, da semana ou do mês.

Quem faz um bom planejamento costuma ter tempo livre para outras atividades, como lazer, passar mais tempo com a família, viajar mais, dentre outros.

Quando bem executado, boa parte das metas são cumpridas e, assim, parte-se para fazer ou planejar algo diferente.

Desejos De Ano Novo

Normalmente são baseados na esperança que se realizem. Aparecem em número muito grande, pois são muitas coisas desejadas a se mudar.

Existem objetivos a serem alcançados, porém os passos para chegar até eles não são muito definidos ou até mesmo não existem.

Quem é movido a desejos de ano novo normalmente não possui foco, pois não tem noção do que pode ser prioridade.

Com isso, aparecem a multitarefa, dispersão e a sensação de que o tempo é insuficiente para se realizar tudo o que foi pretendido.

Só possui a data de início, normalmente o Ano Novo. Algumas coisas até começam a ser realizadas, mas com o tempo vão se perdendo por não possuir uma mentalidade correta a respeito de planejamento e metas.

E quando chega o final do ano, ao ter a percepção que nada foi realizado, vêm de volta os mesmos desejos do ano anterior, com alguns costumes que são comuns nesta época.

desejos-de-ano-novo

Conclusão

Com este infográfico e este artigo, não pretendo fazer nenhum juízo de valor.

Acontece que quando chega o mês de dezembro, é grande o número de promessas para o Ano Novo, tais como:

  • Fazer exercícios físicos;
  • Aprender um novo idioma;
  • Ganhar mais dinheiro;
  • Melhorar o relacionamento ou iniciar um.

Repare que a maioria é algo muito amplo e, por não ser mensurável, fica difícil para o cérebro entender tais promessas que, na verdade, não passam de meros desejos.

É bom ter desejos que engrandeçam, mas é muito melhor tornar esses desejos realidade.

E para isso, o planejamento é um instrumento de grande utilidade nesse processo.

A data inicial passa a ser um detalhe, que é o início do processo para alcançar determinado objetivo.

Estabelecer metas torna isso tudo mais visível, mais tangível e mais simples, o que não significa que será algo fácil do tipo “não fazer nada”.

Por fim, quanto menos coisas a se pensar, melhor. Parece estranho, mas quando fazemos menos atividades, nossas energias são canalizadas para isso, resultando em um trabalho de maior qualidade.

Gostou do artigo? Deixe um comentário abaixo, dizendo o que achou.

Deixo aqui o meu abraço e muitos votos de sucesso a você em todos os dias do ano!

PS: Se você gostou do infográfico, pode criar um também utilizando esta ferramenta, que além de ser gratuita, possui umas opções interessantes para criar imagens. Vale a pena conferir!